Blog

Odontologia do Presente

Envolve diversas tecnologias que tornam os procedimentos odontológicos mais seguros, eficazes, rápidos e confortáveis. Desta forma, é possível oferecer ao paciente uma experiência otimizada, melhorando nossa comunicação, os processos, os materiais e as técnicas utilizadas.

 

Na Clínica Maurício Araújo, a tecnologia digital está presente em diversas fases do tratamento, desde à obtenção de imagens, planejamento e execução.

 

1. Obtenção de imagens

– Escaneamento intraoral – a boca é escaneada por um equipamento que faz pequenos filmes e constrói a imagem em 3D no computador, possibilitando uma moldagem virtual do paciente. Com essa ferramenta, a etapa de moldagem convencional utilizando aquela famosa “massinha” para copiar os dentes pode ser substituída. Além disso, veja que interessante: com o escaneamento intraoral é possível armazenar um registro da sua boca e, se futuramente, algum dente for perdido/fraturar, é possível utilizar o mesmo desenho do original.

 

– Fotografias e escaneamento da face – a análise do rosto do paciente é uma etapa importante em qualquer planejamento, seja por fotografias, vídeos ou 3D.

 

– Tomografia computadorizada de feixe cônico – o exame radiográfico 3D da boca do paciente oferece informações de qualidade sobre a anatomia dentária e óssea, sem sobreposição de estruturas e distorções.

3. Execução

 

– Processo de impressão 3D ou fresagem – com o auxílio de uma impressora 3D ou uma fresadora, é possível imprimir o que foi planejado no computador de forma rápida e precisa, transformando o projeto digital em um produto real. Restaurações, próteses (lentes de contato, facetas), modelos em 3D, alinhadores ortodônticos, placas de bruxismo, guias cirúrgicos, modelos…

 

A Odontologia Digital veio para ficar. Suas principais vantagens são:

 

– Previsibilidade do tratamento;

 

– Simulação dos resultados;

 

– Participação do paciente no planejamento;

 

– Mais conforto durante o tratamento – tirar o molde da boca pode ser bastante desconfortável. Com o scanner intraoral, não há moldagem, a boca é escaneada por um equipamento que faz pequenos filmes e constrói a imagem em 3D no computador.

 

– Tempo de cadeira reduzido;

 

– Procedimentos menos invasivos;

 

– Armazenamento de dados em espaços digitais.

 

O futuro da Odontologia é agora, você está pronto?

Tags :

Compartilhe :

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.